Questões de Concursos de Enfermagem

A aprovação começa com a preparação. A maneira mais rápida de atingir o sucesso é com a resolução de questões de concursos anteriores.


Sobre o Diabetes e suas complicações, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) A síndrome hiperosmolar é um estado de hipoglicemia grave, é mais comum em jovens com Diabetes tipo I.

( ) A síndrome hiperosmolar é um estado de hiperglicemia grave (> 600 a 800 mg/dL), desidratação e alteração do estado mental – na ausência de cetose.

( ) A retinopatia diabética é a principal forma de cegueira irreversível no Brasil. Ela é assintomática nas suas fases iniciais, mas evolui ao longo do tempo, acometendo a maioria dos portadores de diabetes após 20 anos de doença.

( ) Hipoglicemia é a diminuição dos níveis glicêmicos – com ou sem sintomas – para valores abaixo de 80 a 90 mg/dL. Muitas vezes leva ao quadro de cetoacidose que ocorre principalmente em pacientes com diabetes tipo II.



Visando ao tratamento com o esquema de Poliquimioterapia, a classificação operacional do caso de Hanseníase é baseada no número de lesões cutâneas sendo a forma Paucibacilar casos que apresentem



Considere hipoteticamente que João, 70 anos de idade, diabético insulinodependente há 18 anos, procurou a unidade de saúde mais próxima de sua residência com as seguintes queixas: sensação de queimação, choques e formigamentos no pé direito. Relatou sentir dor no membro, mesmo quando não lhe é aplicado um estímulo doloroso e que, recentemente, percebeu que esse pé estava ferido em decorrência de uma queimadura que, segundo ele, não se lembra de ter acontecido. A enfermeira, durante a consulta de enfermagem, analisou os dados coletados e suspeitou que o quadro apresentado pelo paciente poderia ser de



O tratamento específico da pessoa com hanseníase, indicado pelo Ministério da Saúde, é a poliquimioterapia, a qual é constituída por



A hipertensão arterial sistêmica é um dos mais importantes problemas de saúde pública no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, em 2012, a taxa de prevalência da doença foi de 24,3%. Sobre o tema, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) A retinopatia é uma condição clínica associada à doença.

( ) Aumenta a velocidade com que a placa aterosclerótica se acumula dentro das paredes arteriais.

( ) A hipertensão arterial sistêmica é uma condição devido a fatores que alteram o débito cardíaco.

( ) O enfermeiro deve encorajar o paciente obeso e hipertenso a perder peso e a manter o IMC menor que 30 kg/m².

A sequência está correta em



No exame de baciloscopia, executado na investigação de caso suspeito de tuberculose, são coletadas duas amostras de escarro. Quanto aos cuidados que devem ser observados na coleta da segunda amostra, assinale a alternativa correta.

A tuberculose ainda é um grave problema de saúde pública em nosso país. Uma das formas de diagnóstico é o exame do escarro, que precisa ser feito com uma amostra de qualidade, para a coleta da qual concorre a equipe de enfermagem. Aponte nas alternativas abaixo, o cuidado correto a ser implementado na coleta de escarro para exame bacterioscópico ou cultura.

O Diabetes mellitos é uma síndrome de etiologia múltipla decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. Assim, é importante reconhecer os tipos e as características dessa doença. As alternativas abaixo descrevem corretamente as características do diabetes mellitos tipo I, exceto esta.

Um portador de hanseníase recém-diagnosticada foi orientado a comparecer ao ambulatório para realizar consultas rotineiras. O objetivo dessas consultas é o de

A tuberculose (TB) ativa em pessoas que vivem com HIV/Aids (PVHA) é a condição de maior impacto na mortalidade por aids e por TB no país.

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ) em relação ao assunto.

( ) Entre as diretrizes do Ministério da Saúde para controle da coinfecção TB-HIV, destaca-se a testagem oportuna para HIV para todos os portadores de TB, por meio do teste rápido.

( ) O Ministério da Saúde recomenda, como diretriz nacional, o diagnóstico precoce da tuberculose, o tratamento da TB ativa e da infecção latente e o início oportuno da terapia antirretroviral.

( ) A tuberculose não precisa ser investigada em todas as consultas de PVHA; assim, não é necessário questionar sobre a existência de um dos quatro sintomas: febre, tosse, sudorese noturna e emagrecimento.

( ) Todas as pessoas que vivem com HIV/Aids com TB ativa devem iniciar terapia antirretroviral, independentemente da forma clínica da tuberculose e da contagem de linfócitos T-CD4+.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.



A Diabetes é uma doença metabólica que atinge indivíduos de todas as idades.

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ) em relação ao assunto.

( ) A cetoacidose diabética é bem menos frequente em portadores do diabetes tipo 1, pois esses indivíduos possuem uma reserva de insulina.

( ) A redução da insulina aumenta a produção de ácidos graxos, com isso o paciente se apresenta em estado de fadiga, hipotensão, taquicardia e vômitos.

( ) O índice de glicose sanguínea com valores em torno de 80 mg/dl caracteriza a hiperglicemia em adultos.

( ) Quando a glicose sanguínea, em adultos, é inferior a 50 mg/dl, o paciente apresenta manifestaçõ es neurológicas, alteraçõ es de comportamento e convulsão.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.



Segundo o Ministério da Saúde (2006), o Diabetes Mellitus configura-se hoje como uma epidemia mundial, traduzindo-se em grande desafio para os sistemas de saúde de todo o mundo. A cetoacidose diabética, na ausência de infecção ou de outro estresse muito grave, é uma complicação que ocorre, particularmente, em pacientes com diabetes

Uma pessoa com hanseníase apresenta, aproximadamente, oito lesões cutâneas ao longo do corpo e tem baciloscopia positiva para esta doença. Visando o tratamento desta pessoa com poliquimioterapia, a mesma recebe uma classificação operacional. Nesta situação, é possível verificar que esta pessoa é classificada como

Acerca do atendimento de paciente em situações de emergências relacionadas aos sistemas respiratório e circulatório, julgue os itens a seguir.

Os quadros de hipertensão arterial leve, ou seja, pressão arterial diastólica acima de 130 mmHg, associados a alterações na retina, insuficiência renal, alterações neurológicas, anemia e insuficiência ventricular não são considerados crises hipertensivas.



A respeito da tuberculose, assinale a opção correta.



Em relação ao Diabetes, assinale a alternativa correta:



Em relação à Hanseníase, leia as frases abaixo e a seguir assinale a alternativa que corresponde a resposta correta.

I- É uma doença crônica granulomatosa, proveniente de infecção causada pelo Mycobacterium leprae.

II- As reações hansênicas são reações adversas aos medicamentos utilizados para tratamento da doença, sendo assim indicada sua interrupção ou substituição da droga.

III- A principal via de eliminação dos bacilos dos pacientes multibacilares é a áerea superior, sendo a internação hospitalar, com uso de precauções para transmissão de aerossóis e contato, indicada para o tratamento medicamentoso nos três primeiros meses.



O diabetes melito é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por níveis elevados de glicose no sangue (hiperglicemia) decorrente dos defeitos na secreção e da ação da insulina. Acerca da assistência de enfermagem ao paciente com disfunções endócrinas, assinale a opção correta.



O diabetes melito é epidemia mundial, com estimativa de atingir 10 milhões de pessoas, ainda este ano. Com relação a esse assunto, julgue os itens a seguir.

A maioria dos pacientes com diabetes do tipo 2 é indicado o uso da metformina, porque esse medicamento reduz as complicações microvasculares, não leva à hipoglicemia e não produz ganho de peso.



D. Amélia, 67 anos, portadora de diabetes mellitus tipo II, apresenta os seguintes sintomas: pele pálida, úmida e fria, taquicardia, diaforese, tremores e sonolência. Neste caso, a droga indicada a ser administrada em bôlus, por via endovenosa, é